O que a Natação no Mar ensina para o Mundo dos Negócios? (Parte 1)

Há quase quatro anos pratico regularmente natação em águas abertas. Paixão antiga e que, de ordem prática, configura-se como uma das melhores atividades físicas. Reúne esforço cardiovascular e respiratório na medida, bem equacionado com o fortalecimento de quase todo o corpo. Sem contar os benefícios psicológicos, imunológicos, entre outros.

Esta é a parte visível e já de domínio público. Durante este período, a prática das maratonas e travessias aquáticas tem me trazido aprendizado que vão muito além de concatenar braçadas, deslocamento e respiração. São lições bem aplicáveis ao mundo dos negócios ou à vida.

O mais recompensador é que estas verdadeiras aulas acontecem espontaneamente e, quando vemos, as absorvemos de forma efetiva. A aplicação em terra firme acaba sendo uma consequência mais que natural.

Como o aprendizado apresenta várias e sutis etapas, irei dividir este assunto em dois artigos. Assim, será possível absorver “braçada após braçada”:

# Defina seu objetivo e foque no processo – Antes mesmo de entrar na água, devemos definir qual nosso objetivo enquanto nadador. Buscar qualidade de vida? Tentar travessias mais curtas ou de percurso mais longo? Equacionado este ponto, trace as etapas dessa meta e vivencie de forma atenta o processo. Desta forma, o resultado almejado acontece. Esse modelo também se aplica ao mundo dos negócios onde algumas palavras são sagradas e andam sempre unidas simbioticamente: FOCO, META, RESULTADO.

# “Braçada após braçada” – É aquela velha e conhecida história, os objetivos e o percurso são alcançados a cada movimento feito. A palavra chave é MOVIMENTO. Se nos mares eles estão nas braçadas, nos empreendimentos encontram-se nas ações que visam o crescimento de cada negócio. Frequência e ritmo são fundamentais. Caso contrário, nos mares as correntes te arrastam; fora deles a concorrência te supera.

# Técnica é importante. Ter conhecimento é fundamental – Natação demanda técnica. Saber empregar o melhor movimento, de forma mais constante. Assim o deslocamento é mais facilitado e o gasto energético é menor – quando levamos em conta as travessias aquáticas de maior percurso, isso é ainda mais relevante. Em nossos investimentos temos que SABER e definir como FAZER.  Ações não planejadas ou por pura aposta representam perda de tempo e de dinheiro. Aprenda sempre sobre seu negócio e área de atuação. TÉCNICA + CONHECIMENTO representam binômio beirando um mantra em ambas atividades;

# Ter respeito ao adversário, mas ter a noção da sua capacidade – As Maratonas Aquáticas são competições com entrega de prêmios e medalhas. Estamos cercados de outros nadadores que fazem, em tese, tudo que você faz. Respeite-os, porque isto faz parte de uma relação desportiva sadia (lembre-se que um dos motivos para nadarmos é qualidade de vida). Entretanto, tenha plena consciência de sua capacidade para alcançar seus objetivos. A concorrência merece respeito, mas não uma reverência passiva e submissa. Aplique sua expertise para as vendas, acordos comerciais, crescimento da empresa, etc. A sua capacidade será sempre o definidor dos resultados

# Respeite o mar, pois ele é imprevisível e pode mudar suas condições. Tenha calma sempre diante do inesperado. Isso ajuda na tomada de decisões – Nadar no mar é uma experiência inesquecível. Só quem o faz com constância tem a real dimensão disso. Mas essa força da natureza que cobre a maior parte do nosso planeta é imprevisível. Podemos entrar na água em condições convidativas e, do nada, tudo pode mudar. São marés, ventos, ondas e correntes. Esteja sempre preparado (olha a técnica fazendo diferença novamente). É preciso ter calma para parar e analisar o cenário e buscar soluções concretas. Desespero pode ser fatal. Em terra firme, o cenário também apresenta as intempéries típicas: marés economicamente não favoráveis; quedas na bolsa e investimentos; propostas não aceitas; recessões inesperadas. Pare, respire fundo e utilize novamente sua expertise para a melhor solução.

# Resiliência – Esta é a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, adaptar-se a mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – como choque, estresse, algum tipo de evento traumático, entre outros. O nadador é resiliente, uma condição que aprende desde cedo. Ele deve se adaptar a água fria, por exemplo, ou a um dia de sol escaldante. Esta é uma constante na vida dele. Resiliência também é imperativa para os empreendedores. As condições costumam não ser favoráveis, seja em questões tributárias, de modelos de negócios, no acerto de parcerias…  Ajustar-se a elas coopera em muito na subida diária da escadaria dos negócios.

Artigo continua, veja a parte 2: https://otreino.com.br/o-que-a-natacao-no-mar-ensina-para-o-mundo-dos-negocios-parte-2/

Autor André Carvalho>> Perfil LinkedIN

Texto original: https://www.linkedin.com/pulse/o-que-nata%C3%A7%C3%A3o-mar-ensina-para-mundo-dos-neg%C3%B3cios-parte-andr%C3%A9-carvalho-1c/

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário


*


*


Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.